*/

domingo, 25 de março de 2012

A minha estrela


Quando eu era criança, gostava de ficar olhando as estrelas, imaginando como seriam os planetas. Levantava as mãos e pulava, como se eu pudesse alcança-las, como se eu pudesse sair voando entre as galaxias mais belas do universo.

 Como toda criança, eu já pensava em o que eu seria. Eu seria Astronauta. Alias, eu seria Astrónomo. Ah! Hipocrisia da minha parte, eu seria os dois, logico. O tempo foi passando, mas de alguma forma as estrelas nunca deixarão de ter uma certa participação na minha vida. O sonho de ser um Astronauta-Astrónomo foi ficando de lado. As coisas mudarão.

Como se uma neblina negra da mais escura e densa galaxia tivesse tomado meu corpo, mas nada disso me fez parar de admirar as estrelas, de querer subir na lua e quem sabe até, com um pouco de sorte, trocar uma ideia com São Jorge.

Hoje, finalmente, eu entendi todo o porquê dessa estranha atração por estrelas e planetas. Logo eu, que nunca acreditei que um dia pudesse tocar em uma estrela, tenho ao meu lado o verdadeiro motivo de tanta espera, sentado no quintal e olhando pro céu. Tenho ao meu lado uma verdadeira estrela, em forma de mulher. Ela veio tão brilhante, mas não fecho os olhos ao olhar para ela devido seu brilho, eu simplesmente não consigo parar de olha-la. Pra ser sincero, ela não é uma estrela, ela é uma constelação. Uma galaxia. Cada parte do seu corpo brilha, como se fossem milhares de estrelas. O seu sorriso é o meu Sol, e somente quando ela fecha os olhos eu percebo que já é noite.

 Costumam pintar as estrelas de amarelo. Que bobagem! A minha estrela tem a pele morena, delicada e sensual, cheirosa e incrivelmente doce. Agora eu entendo tudo. Eu estive a sua espera durante toda minha vida, e quando eu parava para olhar pro céu, era uma forma de observar se você já estava chegando. Mal sabia eu naquela época, que a estrela mais brilhante e mais bonita de todo o universo, não iria cair literalmente do céu. Mas viria na forma de uma mulher.

Uma mulher incrivelmente maravilhosa, que afastou por completo toda aquela negra neblina em minha volta e que me fez ter um novo sentido de viver. Seu brilho afasta todos os meus medos e receios e eu me sinto flutuando no espaço, de mãos dadas com você. Com você do meu lado, sei que sou capaz de tudo. Hoje em dia eu ainda olho pro céu, mas não mais esperando algo. Eu já tenho tudo que preciso e que desejo em você. Olho pro céu e apenas sorrio, e agradeço por ter você do meu lado. As estrelas estão no meio do infinito universo, e nós, estamos no meio do nosso infinito amor.

Eu te amo muito, pra sempre!
Minha princesa, minha "babi", minha estrela.

1 comentários

Jhannifer 30 de março de 2012 06:46

Meu Anjo, meu panda, meu melhor amigo, meu amor *--*

Postar um comentário

Seguidores